Você que está estudando para concursos, já se pegou pensando que o conteúdo é muito extenso e que você não vai conseguir dar conta? De fato, há uma vasta quantidade de assuntos a serem assimilados, porém existe uma maneira de simplificar o processo de estudo, potencializando também as chances de ser aprovado. Como? Adquirindo para si o poder de fazer anotações.

Neste post, listamos algumas dicas para você melhorar seu rendimento utilizando essa técnica simples, mas efetiva. Confira!

1. Estudar o edital e fazer resumos

Leia sempre o edital por completo para saber o que será solicitado na prova. Existem muitos temas que você aprendeu nos tempos de escola e talvez eles apareçam nessa lista.

Com relação à bibliografia, o conselho é preparar pequenos resumos de todas as matérias e depois fazer uma boa revisão do que foi anotado.

Quase todos os concursos possuem legislação no cronograma do edital. Porém, há vários artigos de leis que trazem situações lógicas e que não precisam ser mencionadas em resumos (por exemplo: o servidor público não poderá jamais desprezar o elemento ético da sua conduta).

Leia com calma toda lei e separe os demais pontos. Você verá que é possível “enxugar” bastante o conteúdo a ser realmente captado.

2. Fazer anotações em tópicos

Separar o conteúdo por tópicos o torna muito mais fácil de ser absorvido. Há muitas matérias que são extensas demais, causando cansaço e dispersão no estudo. Por isso, é muito importante destacar palavras-chave em forma de itens, facilitando a compreensão.

Outro ponto positivo dos tópicos é a facilidade de leitura, possibilitando que você estude por mais tempo e com mais qualidade também.

3. Aprender com as provas anteriores

Uma boa maneira de estudar e praticar é fazendo diversas provas de concursos anteriores. Apesar de os testes não serem iguais, a sistemática e suas características provavelmente serão.

Na conferência do gabarito, procure tomar nota dos seus erros escrevendo o assunto da questão ao lado. Por exemplo: errou algumas perguntas de português referentes à crase? Então significa que você deve intensificar os estudos nesse quesito.

4. Anotar destaques das aulas em áudio

As aulas em áudio podem lhe proporcionar uma valiosa opção. Se você escuta no deslocamento para o trabalho, por exemplo, tenha sempre consigo um caderno ou bloco para fazer destaques. Dessa forma, começa a criar mapas mentais importantes com pontos que podem ser decisivos para sua aprovação, além de aproveitar de forma muito melhor o conteúdo de cada aula.

5. Vincular a algo que lhe traz bem-estar

Ao fazer anotações, procure realizá-las criando vínculos com assuntos do seu interesse pessoal. Pode ser um esporte, um filme, ou qualquer outra coisa que lhe remeta ao bem-estar. Além de deixar o estudo mais leve, melhora a qualidade do aprendizado e facilita a assimilação, proporcionando melhores resultados.

Quer um exemplo? As matérias podem ser memorizadas com uma ajudinha das suas músicas favoritas. Como? É bem simples! Após ter realizado suas anotações, escute alguma canção que não sai da sua playlist. Posteriormente, a recordação da música poderá ajudá-lo a se lembrar do que foi estudado.

Aprovação em concurso público é uma caminhada que pode ter como atalho a realização de anotações pertinentes e pontuais. Elas podem fazer a diferença para que você conquiste aquele ponto decisivo na prova e consiga atingir o resultado tão esperado.

Agora que você está pronto para fazer anotações e melhorar a qualidade dos seus estudos, anote aí outras duas técnicas para começar a aprender neste exato momento: memorização e leitura dinâmica. Vamos lá?